Laboratório Pop

“Praia do futuro” concorre ao Urso de Ouro em Berlim

15 jan 2014 / 1 comentário / em Cinema / por

por Myrna Silveira Brandão

 

“Praia do futuro”, do cearense Karim Ainouz (“O céu de Suely”, “Madame Satã”) está na mostra oficial do Festival de Berlim (6 a 16 de fevereiro). Estrelado por Wagner Moura, o filme conta a história de um salva-vidas brasileiro que tenta uma nova vida na Europa.

 

Até o momento (as demais mostras ainda não estão completas), a participação brasileira também acontece na Panorama com dois filmes: “Hoje eu quero voltar sozinho”, de Daniel Ribeiro; e “O homem das multidões”, de Marcelo Gomes e Cao Guimarães; e na mostra de curtas-metragem da Mostra Geração com “Eu não digo adeus, digo até logo”, de Giuliana Monteiro.

 

A mostra oficial terá 23 filmes, sendo 20 em competição, incluindo 18 Premièmes Mundial e três estreias em longas.

 

“The Grand Budapest Hotel”, de Wes Anderson que, conforme já anunciado, será o filme de abertura.

 

Outros destaques incluem:  “The monuments men”, de George Clooney – que será mostrado fora de competição – “Boyhood”, de Richard Linklater (EUA); “The little house”, de Yoji Yamada (Japão); e “Aimer, boire et chanter”, do veterano diretor francês Alain Resnais.

 

 

Veja a relação completa:

 

Em competição

 

“Black coal, thin ice”, de Yinan Diao – Republica Popular da China

“Boyhood”, de Richard Linklater – EUA

“The little house”, de Yoji Yamada – Japão

“Historia del miedo”, de Benjamin Naishtat – Argentina / Uruguai / Alemanha / França

“Jack”, de Edward Berger – Alemanha

“In order of disappearance”, de Hans Petter Moland – Noruega / Suécia / Dinamarca

“Stations of the cross”, de Dietrich Brüggemann – Alemanha

“La tercera orilla”, de Celina Murga – Argentina / Alemanha / Holanda

“La voie de l’ennemi”, de Rachid Bouchareb – França / Argélia / EUA / Bélgica

“Macondo”, de Sudabeh Mortezai – Áustria

“Praia do futuro”, de Karim Aïnouz – Brasil / Alemanha

“Blind massage”, de Ye Lou – República Popular da China

“No man’s land”, de Hao Ning – República Popular da China

“Inbetween worlds”, de Feo Aladag – Alemanha

“’71”, de Yann Demange (Reino Unido)

“Aimer, boire et chanter”, de Alain Resnais (França)

“Aloft”, de Claudia Llosa (Espanha, França)

“Die geliebten schwestern”, de Dominik Graf (Alemanha)

“Stratos”, de Yannis Economides (Grécia)

“The Grand Budapest Hotel”, de Wes Anderson (Reino Unido, Alemanha)

 

 

Fora de competição

 

“The monuments men”, de George Clooney (Alemanha, EUA)

“Ninfomaníaca, volume I”, de Lars von Trier (Dinamarca / Alemanha / França)

“Beauty and the beast”, de Christophe Gans – França / Alemanha

1 comentário:

  1. Jovany disse:

    Bom dia,Na loja da Amazon existe a hipf3tese de coaprmr o Kindle com “Special Offers”, ficando o pree7o consideravelmente mais baixo do que sem esta ope7e3o. Pelo que percebo, sere1 propaganda, onde tambe9m se incluem ofertas de livros a pree7os mais baixos, mas sere1 que ne3o incomoda mesmo a leitura? se aparecer uma barra a piscar com ofertas durante a leitura ne3o sei se ne3o sere1 um pouco irritante. Algue9m me sabe esclarecer? Pois queria-me introduzir no mundo dos e-book readers, e pelo que percebo, a melhor escolha sere1 mesmo um Kindle, pelo ecre3, pelas funcionalidades de conectividade e bateria.E je1 agora recomendam a verse3o com teclado ou a verse3o touch?Desde je1 muito obrigado 🙂 e um bom dia

Não deixe de comentar!

Útimas de Cinema

Útimos posts