Laboratório Pop

Programação do NYFF apresenta 30 títulos

15 ago 2014 / Sem comentários / em Cinema

Carlos Augusto Brandão

O Festival de Cinema de Nova York, que acontece de 26 de setembro a 12 de outubro, anunciou a programação de sua 52ª edição, que traz 30 títulos e, mais uma vez, se caracteriza pela diversidade, com títulos de vários países e diferentes estilos de cinema.

A diversificação não é somente geográfica, estando presente também nos temas abordados e nos diretores selecionados, conforme ressaltado por Kent Jones, diretor do NYFF.

 

“Algumas vezes o frescor do cinema me entusiasma.  Nesta edição, nós temos filmes que nos deixam eletrizados, estando entre eles os primeiros e últimos trabalhos de consagrados cineastas,  todos essenciais.  A seleção deste ano lembra as razões pelas quais eu amo tanto o cinema e o mesmo acontecerá com os espectadores”, declarou Jones.

Gone Girl, o aguardado novo trabalho de  David Fincher,  terá sua première mundial como o filme de abertura. Baseado no best-seller de Gillian Flynn, Gone Girl  é um thriller sobre um homem suspeito de matar a esposa. O elenco, liderado por Ben Affleck, inclui Rosamund Pike, Neil Patrick Harris e Tyler Perry.

Inherent Vice, de Paul Thomas Anderson, terá sua primeira sessão pública, como a tradicional “Center Piece”, destaque do festival para um filme inovador e criativo.   Drama criminal e de mistério, o filme é o primeiro longa adaptado de um livro de Thomas Pynchon  e traz nos papéis principais Joaquin Phoenix, Josh Brolin  Reese Witherspoon e Benicio Del Toro.

O filme de encerramento será Birdman, comédia de humor negro do mexicano Alejandro González Iñarritu, que conta a história de um ator em decadência, interpretado por Michael Keaton.

A programação principal inclui, entre outros, os novos filmes de:  Bennett Miller (Foxcatcher); David Cronenberg (Maps to the Stars); Olivier Assayas (Clouds of Sils Maria); Jean-Luc Godard (Goodbye to Language); Jean-Pierre & Luc Dardenne (Two Days, One Night); e Mike Leigh com Mr. Turner pelo qual Timoty Spall ganhou o prêmio de melhor ator em Cannes,  no papel do famoso pintor J. M. W. Turner.

Outra atração é Whiplash, de Damien Chazelle, que ganhou o Grande Prêmio do Júri e também de Audiência no Sundance/2014.

Também se destaca  Amar, Beber e Cantar, último trabalho de Alain Resnais. Já lançado no Brasil, o filme ganhou na edição deste ano do  Festival de Berlim, o Urso de Prata Alfred Bauer, prêmio dedicado a um trabalho inovador e que abre novas perspectivas para o cinema.

O consagrado diretor francês – morto em março deste ano – também está representado na Mostra Revivals com seu primeiro filme Hiroshima Meu Amor. A Revivals, que se caracteriza por trazer de volta aos espectadores filmes recém- restaurados terá  também uma retrospectiva de Joseph L. Mankiewicz e uma sessão especial com Era uma vez na América (1984), de Sérgio Leone, numa versão que inclui 22 minutos de imagens inéditas.

Iniciado no já longínquo ano de  1963, o NYFF mostrou em sua primeira edição o cultuado Barravento, do então estreante Glauber Rocha, e a abertura aconteceu com o clássico O Anjo Exterminador, de Luis Buñuel.

Não deixe de comentar!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Útimas de Cinema

Útimos posts