Laboratório Pop

Proscritos e gringos brilham no Oscar

22 jan 2019 / Sem comentários / em Cinema


Rodrigo Fonseca
Como já era esperado, “Green book: O guia”, “Vice” e “Nasce uma estrela” fizeram a festa no anúncio dos indicados ao Oscar 2019, cuja cerimônia de entrega acontecerá em 24 de fevereiro, tendo “Roma” e “A favorita” na dianteira da corrida, concorrendo em dez frentes cada um. Mas há surpresas deliciosas garantidas para a cerimônia da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, começando pela indicação de um desenho japonês – “Mirai”, de Mamoru Hosoda – entre os concorrentes de melhor animação em longa metragem num terreno dominado pela Disney. Mas nada é mais prazeroso do que ver a redenção de Paul Schrader, um proscrito pelo cinemão apesar de ter dirigido cults como “A marca da pantera” (1982): ele concorre ao prêmio de melhor roteiro pelo seminal “First reformed”, ainda inédito por aqui. E Pawel Pawlikowski, um artesão polonês no domínio das narrativas em P&B, entra no páreo dos diretores pelo apaixonante “Guerra Fria” (“Cold War”, na foto). Esta história de um amor impossível deu a ele o prêmio de direção em Cannes.

Não deixe de comentar!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Útimas de Cinema

Útimos posts