A Dois Barcos atualiza os parâmetros do que significa ter sucesso no single e clipe “Maratonas”, com forte influência do emo, do math rock e do indie, mas sem esquecer das raízes do grupo que utiliza synths e harmonias vocais. A música já está disponível nas principais plataformas de streaming junto ao clipe, no YouTube.

Após retornar à cena com o single duplo “Manto Lu nar/Surto” (2022), o trio explora no novo trabalho referências escrachadas do que gostam e consomem há muito tempo; Entre as novidades estão a inclusão de power chords, arpejos e riffs de math rock. Entre as influências musicais estão Tigers Jaw, American Football, El Toro Fuerte, Fake Number e Depois do Fim. Há, também, no arranjo alusões a corridas e competições, com instrumentos que “freiam e correm” junto à lírica, reforçando os momentos de êxtase e também os cansaços nesse processo.

“É sobre voltar para algum lugar depois de ter quebrado a cara e mesmo assim ainda querer se superar dentro de uma nova visão, e a necessidade constante de querer provar alguma coisa que na maioria das vezes nem sabemos o que é. É um embate direto contra o sentimento entre as expectativas, frustrações e inseguranças. Conhecer o pior de si e enfrentá-lo. Muito também do sentimento de comparação e competitividade, fazendo alusão a uma maratona.”, explica Rafaella Petrosino, uma das vocalistas e guitarristas.

A correria, o famoso “corre” que tantos artistas independentes comentam, é retratada no clipe ao simbolizar o momento pelo qual a Dois Barcos passa, em que foi preciso recalcular a rota e encontrar a si mesmo. “O momento que encontramos para trabalhar nessa sonoridade mais próxima do emo e das estéticas que apreciamos, que é majoritariamente vista como relevante quando feita por bandas formadas apenas por homens. É quase que enfrentar uma dor pessoal de ter crescido vendo bandas de garotas no emo/rock alternativo não tendo o merecido destaque e oportunidades, e mesmo assim buscar isso”, destaca Elisa Monasterio, vocalista e baixista.

Quer conhecer mais? Visite o Laboratório Pop. Siga nosso conteúdo no Instagram e no Twitter.