O filme Dores de amores, de Raphael Vieira, estreia nos cinemas nesta sexta (13), mas ganha uma pré-estreia na quarta (11), no Cine Jóia, Rio de Janeiro, às 21h. O Cine Jóia fica na Av. Nossa Senhora de Copacabana, 680, subsolo.

 

Dores de amores, estrelado por Fabíula Nascimento e Milhem Cortaz, é uma adaptação da peça escrita por Léo Lama, que fez enorme sucesso nos palcos do Rio entre 1989 e 1994, quando foi encenada por Malu Mader e Taumaturgo Ferreira.  Na versão para o cinema, Fabíula e Milhem vivem o jovem casal em crise que busca uma solução inusitada para os seus problemas.  “As mulheres se identificam muito com a personagem porque o que ela faz é tentar salvar o casamento. E esta é uma atitude muito mais das mulheres do que dos homens. É uma tomada de poder das mulheres”, diz Fabíula.

Para Vieira, apesar de ter uma veia favorável às mulheres, o homem também brilha no filme. “O personagem do Milhem faz com que muitos homens se identifiquem com a história. Ao menos os homens sinceros. Aqueles que por si não sabem se relacionar ou que nunca tiveram um longo relacionamento, terão dificuldade em entender o papel do homem no filme”, comenta Raphael. O elenco conta ainda com o português Ricardo Pereira, a veterana Walderez de Barros, e as participações especiais dos artistas plásticos Os Gêmeos, e do músico Gabriel Moura.