Laboratório Pop

‘Cópias’ é o filme B do momento: Keanu Reeves a mil

19 abr 2019 / Sem comentários / em Cinema


Rodrigo Fonseca
Filmada em Porto Rico, em 2016, mas lançada mundialmente apenas no fim de 2018, a ficção científica sino-anglo-americana de US$ 30 milhões “Cópias – De volta à vida”, recém-lançada no Brasil, é uma iguaria de digestão não muito fácil, mas de um sabor pop singular. Melhor filme B da temporada, e ponha B nisso, diante de reviravoltas absurdas e efeitos classe Z, “Replicas” (título original) evoca uma linha sci-fi que vem lá de Roger Corman e passa pelo hoje esquecido “Runaway: Fora de controle” (1984), com robôs imbuídos de humanidade e criações científicas capazes de desafiar as leis da natureza. Some essas referências a Keanu Reeves, um muso do gênero, que hoje celebra os 20 anos de “Matrix” (1999). A participação inspirada dele injeta carisma nas veias de uma narrativa que assume sua tosquice com orgulho e faz dela um motor para numerosas invenções de roteiro, a maioria delas nas raias na inverossimilhança. Mas ao transpor o limite da credibilidade com autoestima, a direção de Jeffrey Nachmanoff (produtor de “O dia depois de amanhã” e “realizador de “O traidor”) encontra um timbre de mistério que arrebata a atenção do espectador. Há duas ou três sequências memoráveis, entre elas a transformação de um androide em gente.

Dublado por Reynaldo Buzzoni, Reeves vive Will Foster, um pesquisador que trabalha com clonagem e robótica buscando transpor a alma e a mente de pessoas comatosas para novos corpos. Quando a família de Foster morre em um desastre, ele aplica seus experimentos em causa própria, brincando de Dr. Frankenstein. John Ortiz esbanja vilania no papel de Jones, o supervisor das pesquisas de Foster. Destaque para a atuação da inglesa Alice Eve como a mulher de Keanu. A montagem garante equilíbrio ao trânsito do filme do drama para a ação. Há uma mistura que puxa da memória a lembrança boa de “O homem dos olhos de raios X” (1963), de Corman.
No dia 16 de maio, “John Wick: Chapter 3 – Parabellum” chega às telas nacionais: é a franquia que reinventou a carreira de Reeves.

Não deixe de comentar!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Útimas de Cinema

Útimos posts