O Sarau Possível nasceu com a proposta de oferecer uma experiência cênica durante um dos períodos mais duros da pandemia de Covid-19, com a quarentena, em 2020. Dessa vez, o projeto retorna para uma nova fase, no formato presencial, no Centro Cultural Casa com a Música, na Lapa, em quatro encontros, nos dias 6, 7, 13 e 14 de fevereiro, sempre a partir das 19h. 

Chamada de Sarau Possível da (in)dependência, a temporada faz referência ao Bicentenário da Independência do Brasil e tem o apoio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, por meio do Edital Retomada Cultural RJ 2. O objetivo é refletir sobre diferentes episódios e questões da nossa história por meio da arte, conectando passado, presente e seus impactos. O elenco conta com nomes como Rosa Peixoto, Valen, André Guimarães, Iacyara Helena, Ellen Lima, Lucas Sampaio, Leá Cunha e Vitória Rodrigues. Antes e depois do Sarau, acontece o “Bar Possível”, um espaço de interação entre artistas, com bate-papo e apresentações livres, que ocorria online com a mesma logística, mas que também será realizado presencialmente pela primeira vez.

Serviço:

Sarau Possível da (in)dependência

Entrada franca.

Datas: dias 6, 7, 13 e 14 de fevereiro

Abertura da casa: 19h, com o Bar Possível

Local: Centro Cultural Casa com a Música – Rua Joaquim Silva, 67, Lapa, Rio de Janeiro.

Classificação: livre.

Programação: 

Descobrimento – 6 de fevereiro – Rosa Peixoto e Valen

Colonização – 7 de fevereiro – André Guimarães e Iacyara Helena

Dia do Fico – 13 de fevereiro – Ellen Lima e Lucas Sampaio

Abolição – 14 de fevereiro – Leá Cunha e Vitória Rodrigues

Quer conhecer mais? Visite o Laboratório Pop. Siga nosso conteúdo no Instagram e no Twitter.